São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil
Porto Alegre - Projeto Castração
Patrocinadores do Projeto Castração em Porto Alegre
Esterilizações de custo baixo:
Alexandra (51) 93 48 53 05
São Leopoldo
Sofrimento no prato
Viver como vegetariano/vegano
Adotar faz bem!
Apadrinhe ou adote
Animais para adoção em outros lugares
Achados e Perdidos
Quero doar um animal
Denunciando maus tratos
Encontrando um animal na rua
Quero montar um abrigo
Esterilizar - porque?
Quem somos
Fotos da nossa história
Fotos do abrigo
Você entende os cães?
Dicas para escolher e educar o seu cão
Cemitério Virtual
Notícias
O Grito
Quero o Grito via e-mail

Visite o nosso Webmaster e veja os serviços a sua disposição. Você por exemplo pode ver o seu animal de estimação como uma estrela na sua TV. Na área metropolitana de Porto Alegre não será cobrada a viagem.

www.galamidia.com.br

Veja o que podemos fazer para evitar sofrimento:

PORCO AMOR

É o nosso filme divertido para proteger animais, o meio ambiente e para fazer o bem para sua saúde! Pede um exemplar para sua casa e mostre o filme para muitas pessoas!!

Quero ver o filme PORCO AMOR


Quero um exemplar de PORCO AMOR
Animais silvestres pedem sua ajuda!!!!
Aqui se fala de animais: O site da rádio toda quarta-feira as 20 horas Programa Destaque Animal.

LINKS interessantes:

Porque vivo vegan (sem exploração de animais)
O Moedor de porcos
Balé dos gatos

Veja o nosso Blog com novidades aqui
Morte no Prato
A Engrenagem

Proteger animais sem gastar dinheiro? ==>Veja como:

- não indo para circos com animais.

Os animais estão sendo treinados brutalmente. Fora da arena eles vivem em pequenas jaulas ou acorrentados. Muitas vezes falta comida e água.
- não indo para rodeios.

Os animais são torturados sem que os espectadores possam ver. Os animais nos rodeios não são xucros, eles pulam de dor. Os terneirinhos sofrem até a ruptura da espinha dorsal, pegados de laço.
- não comprando casacos de peles

muitas vezes a pele é tirada de animais vivos e/ou de animais que sofreram muito tempo em armadilhas. A verdadeira beleza vem de dentro, jamais da morte de animais.
- não comprando produtos (cosméticos) testados em animais.

Os animais em laboratórios vivem torturas imensas. Cirurgias são geralmente feitas sem anestéticos - para economizar! Para os animais não gritar, são cortadas as cordas vocais!
- não participando em rinhas

Os instintos de defesa dos animais são explorados de uma forma cruel. Em liberdade um galo ou um cão pode se retirar ou parar a briga, na rinha eles não podem escapar. Eles são obrigados a continuar até cair desmaiados.
- não comprando animais de raça de criadores que criam mantendo animais como máquinas de filhotes

, vendendo- os muito cedo. Para cada animal vendido, um cão de rua perde sua chance! Se você quer de qualquer jeito um animal de raça, escolhe bem o criador! Não compre um filhote com menos de 10 semanas de vida! Compre direto de um criador que mantém a cadela junto com a família e pode dar informações sobre o temperamento dos pais e não num "criadouro" ou na agropecuária. Se você já quer gastar dinheiro, então deve ser para alguém que se esforça e endende da raça. Animal de raça tem pedigree!
- não comprando animais ou pedaços deles para os comer.

1. Para cada kg de carne são necessário 12 kg de vegetais. O desmatamento da Amazônia é principalmente feita para plantar soja para animais.
2. Produzir carne não gera muitos empregos, plantar verduras, frutas, nozes, cogumelos sim!
3. É comprovado, que há mais índives de câncer em pessoas que consumam animais.
4. É comprovado, que o organismo humano não precisa comer animais mortos. Peixes, galinhas e camarões também são animais!
5. Os animais não simplesmente morrem, eles sofrem torturas teríveis, nos transportes, nos matadouros, quando castrados sem anestesia, quebrados os dentes, cortados rabinhos e orelhas, engolir comida sem parar (foie gras) ou viver sem poder se mexer (terneiros de vitela)
- não comprando filhotes de rabos e/ou orelhas cortados.

O rabo faz parte da espinha dorsal. Quem ama animais não os mutile ou paga por mutilações em nome de uma moda questionável
- não comprando ovos de poedeiras em gaiolas.

Estas galinhas vivam a vida de 15 ou mais numa gaiola sem ver o luz de dia, sem poder comer insetos ou folhas verdes. Há sítios e chácaras que vendem ovos de galinhas soltas. Não somente os ovos, também o passeio faz bem para a sua saúde!
Veja aqui mais sobre proteção aos animais
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil